Escravos da Ignorância!

Olá pessoas! Tudo bem com vocês?
Aproveitando o "link" do "Caso Maju" hoje, resolvi abordar o tema Racismo. Parece até notícia velha, né? Mas infelizmente é realidade.
Existem vários tipos de racismo, mas quero enfocar o racismo contra negros que por incrível que pareça é o mais frequente no Brasil.
Que o racismo saiu de moda há tempos a gente já sabe, mas infelizmente ainda existe uma galera com pensamento retrô que acha, ou pior, tem certeza que cor da pele pode ser símbolo de inferioridade.
Quando surge na mídia algum escândalo envolvendo racismo e famosos ou até mesmo desconhecidos, também surge a pergunta que já virou clichê: " Em pleno século XXI ainda há racismo?" SIIM! INFELIZMENTE ! Acabando com a ilusão das pessoas que acham que o racismo já foi erradicado no país, todos os dias pessoas são absurdamente agredidas por ele e na maioria das vezes não há justiça.
127 anos após a lei Áurea ainda existe um tipo de escravidão que não foi abolida, pois, muitas pessoas encontram-se escravizadas pela própria ignorância, achando que diferença é igual a inferioridade, criando essa hierarquia de raças que só existe na cabeça delas. Essa escravidão cega e tapa os ouvidos, mas deixa a boca bem aberta, os dedos afiados e as mãos soltas para discriminar, agredir, oprimir e humilhar. Essas pessoas vivem despejando ódio sobre suas vítimas movidas por um fundamento ridículo e insensato que julga alguém pela cor da pele sem levar em consideração suas atitudes e o seu caráter.
Agressão não é liberdade de expressão!
Claro que todo mundo tem o direito de pensar, achar e tirar suas próprias conclusões, mas na hora de expor nossa opinião temos que colocar o respeito ao próximo em primeiro lugar, certo? Acho Justo!
Respeito está sempre na moda!
Para quem sofre ou sofreu preconceito racial não se rebaixe e muito menos se abata, apenas procure seus direitos. Fingir que o problema não existe não vai resolvê-lo.
Lembrando que Racismo é crime hediondo (crimes que merecerem maior reprovação por parte do Estado.) e inafiançável (não se considera o pagamento de fiança para uma possível liberdade provisória) sem falar que é bastante retrógrado e desnecessário.
E Já que o blog foca bastante na questão Beleza deixo pra vocês algumas fotos da maravilhosa beleza negra:


Curtiram?
A única diferença que define superioridade ou inferioridade é o CARÁTER! Como está o seu hoje?



Comentários

  1. Pois é ainda existe gente que é muito ignorante --'
    acho preconceito, seja ele qual for, uma coisa tão ridícula

    http://meubaudeestrelas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário